Home Nutrição Exercícios Saúde Quem Somos A que viemos Contato

03 de agosto de 2015

Nutrição

Suplementação de carboidratos durante o exercício.

Dando continuidade aos posts sobre o consumo de carboidratos, hoje o tema é sobre a suplementação durante a atividade física. Apesar de ser um dos suplementos com maior potencial ergogênico, o uso hoje em dia tem se mostrado um pouco excessivo.


A suplementação de carboidratos durante o exercício tem como mecanismo fornecer carboidratos de fonte exógena, através de suplementos ou alimentos, que são rapidamente oxidados pelo tecido muscular podendo melhorar a performance ou através de um aumento da intensidade com que o atleta realiza o exercício, ou prolongando seu tempo de treino ou prova.



Existem diversas recomendações, que devem ser avaliadas criticamente conforme a duração e intensidade do treino ou prova, mas de um modo geral elas referem:




  • -    até 1h de duração: nada ou bochecho de carboidratos (tema do post da próxima 2a feira);

  • -    1 a 2h de duração: 30g/hora de atividade;

  • -    2 a 3h de duração: 60g/hora de atividade;

  • -    Acima de 2.5h: até 90g/hora de atividade, utilizando o mecanismo de múltiplos transportadores.



 



Qual dose utilizar?



As evidências apontam que, dentre os atletas de elite em modalidades de alta intensidade e com duração superior a 2 horas, quanto maior a dose de carboidrato ofertado, melhor a performance. Um estudo com 51 ciclistas e triatletas realizou 4 testes com 2h de duração cada em intensidade de moderada a alta e, ao final deveriam pedalar mais 20km o mais rápido possível. Nesses testes foram testadas 12 bebidas com diferentes doses, de 10 a 120g, de carboidratos por hora, incluindo um placebo. O tempo total de prova foi de, aproximadamente, 160min e foi observada uma melhora dose-dependente até 78g/h na performance, ou seja, quão maior a dose de carboidratos consumidos, melhor a performance. 



Porém, vale ressaltar, que muitos atletas podem sentir desconforto gastrintestinal com doses altas durante a prova, por isso, a individualidade e a realização de testes durante a fase de treinamento são fundamentais. 



 



Qual o tipo de carboidrato a ser ofertado? 



Em um post anterior (leia aqui) já discutimos a velocidade de absorção de diferentes tipos de carboidrato. Apesar do que muitos profissionais relatam, quando pesamos em performance, quanto mais rápida a absorção, maior será a quantidade de carboidrato disponível para o tecido muscular em atividade e, possivelmente, o atleta conseguirá realizar a atividade com maior potência e melhorar sua performance.



No estudo acima os pesquisadores verificaram que a associação de glicose, maltodextrina e frutose (1:1:1) foi a melhor combinação. Isso ocorre pois nosso corpo consegue absorver, em média, 60g de glicose por hora. No entanto, ao se misturar tipos diferentes de carboidratos, especialmente a frutose, essa taxa aumenta para até 90g/h. Enquanto a glicose utiliza um mecanismo de transporte intestinal dependente de sódio (SGLT), a frutose consegue ser absorvida pelo transportador de glicose 5 (GLUT 5). Deste modo, ao associarmos a glicose com frutose – estratégia denominada múltiplos transportadores, uma dose maior de carboidratos será absorvida Por isso, ao se suplementar doses acima de 60g/hora, essa estratégia é fundamental.



E, apesar das inúmeras evidências de que a suplementação de carboidratos durante a atividade melhora o desempenho, é de suma importância nos questionarmos para quem essa vantagem será significativa pois, mesmo em atividades acima de 2 horas de duração, como a de muitos frequentadores de academia, isso necessariamente não significa que o consumo de carboidratos seja indicado. Também não podemos deixar de ressaltar que a dose implica em um consumo calórico que, dependendo do objetivo corporal do atleta, pode ser prejudicial. Por isso, o nutricionista deve ter bom senso e levar essas questões em consideração antes de realizar a prescrição.





Desire Coelho – Blog Ciência inForma



 



www.cienciainforma.com.br



 



 



Para saber mais:



Jeukendrup, A. (2014). A step towards personalized sports nutrition: carbohydrate intake during exercise." Sports Med 44 Suppl 1: 25-33, 2014.



Smith JW, Pascoe DD, Passe DH, Ruby BC, Stewart LK, Baker LB, Zachwieja JJ. Curvilinear dose-response relationship of carbohydrate (0-120 g.h−1) and performance. Med Sci Sports Exerc 45: 336-341, 2013.



Vandenbogaerde TJ, Hopkins WG. Effects of acute carbohydrate supplementation on endurance performance: a meta-analysis. Sports Med. 2011 Sep 1;41(9):773-92







Comentários

Veja também


- Como preparar seu intestino para os suplementos esportivos.
- Rapadura durante os treinos longos.
- Proteínas, quanto mais melhor?
- Vitamina C para gripes e resfriados? Entenda como (e se) funciona
- O atleta que consome muito café também se beneficia da suplementação de cafeína no esporte?
- Como o estresse influencia a dieta?
- Jejum Intermitente - parte 2!
- Emagrecimento. Uma caloria é só uma caloria e pronto. Será mesmo?
- Jejum Intermitente - parte 1!
- Os diferentes tipos de açúcar presente nos alimentos que muita gente não conhece.
- Alimentação infantil
- Café com óleo de côco emagrece?
- “O bom da dieta é que eu não tenho que pensar.”
- Afinal, se não é para fazer dieta, posso comer à vontade?
- Por que ler o rótulo de alimentos industrializados é tão importante? E o que devo ler?
- Atletas que tomam muito café não se beneficiam da suplementação de cafeína?
- Comedor compulivo ou impulsivo?
- O que são alimentos frescos, processados e ultraprocessados?
- Proteínas antes de dormir e hipertrofia.
- Proteínas, quanto mais melhor…será mesmo?
- Carboidratos de baixo índice glicêmico (waxy-maize e isomaltulose) são superiores aos carboidratos convencionais?
- Quanto os atletas comem?
- Amino Spiking: o bom (#SQN) e velho gato por lebre na indústria de suplementos
- Refrigerante para provas/treinos de longa duração?
- Suplementar cafeína atrapalha os efeitos da creatina?
- Índice Glicêmico - um conceito supervalorizado?
- Senhores pais, por favor, prestem atenção ao que seus filhos estão comendo!
- É preciso comer de 3 em 3 horas para ganhar massa muscular?
- Comer de 3 em 3 horas emagrece?
- Proteínas e saciedade.
- Comer de 3 em 3 horas aumenta o gasto energético?
- Alimentos com baixa caloria funcionam?
- Suplementação com Bicarbonato de Sódio
- Café da manhã, a refeição mais importante do dia ou a mais supervalorizada?
- Afinal, por que há tantas controvérsias no mundo da nutrição?
- Suplementos alimentares - como saber qual funciona?
- Leucina auxilia na hipertrofia muscular?
- O que comer no pós-treino: suplementos ou fast food??
- Carnitina aumenta a queima de gordura, mas....
- Por que paramos (ou não) de comer?
- Filme = Pipoca? Cuidado!
- Qual é o melhor óleo para cozinhar?
- Precisamos suplementar sódio durante o exercício prolongado?
- Nutrição Esportiva: de olho na resposta individual de cada atleta!
- Quem realmente precisa de isotônicos?
- Beta-alanina: o que é, como funciona e quais seus efeitos?
- Dieta da proteína, Atkins, Dukan, cetogênica...
- Barrinhas de proteínas?
- Tribulus Terrestris e as falsas propagandas de aumento de testosterona, força e massa muscular
- O papel dos carboidratos na reposição de glicogênio muscular
- Suco de beterraba e suplementação de nitrato: seguro e efetivo?
- “Correr, correr, é o melhor para poder emagrecer...” será mesmo?
- Afinal, há pontos positivos na dieta paleolítica???
- Paleo diet: a mais nova-antiga dieta da moda
- Atletas adolescentes precisam de suplementos esportivos?
- Carboidratos podem melhorar o desempenho físico, mesmo se você não os ingerir.
- Suplementação de carboidratos durante o exercício.
- Existe alimento proibido?
- Frango com batata doce?
- Qual a melhor whey protein: concentrada, isolada ou hidrolisada?
- Carboidrato e performance: "train low compete high"
- Consumo de carboidratos no pré-treino, quem precisa se preocupar?
- Carboidratos e ganho de massa muscular
- Quem precisa suplementar antioxidantes?
- Creatina, qual a melhor forma?
- Creatina antes ou depois do treino? Um novo estudo reabre a questão...
- Intervenção da Nutrição no "Medida Certa" do Fantástico
- Suplementação de proteínas e a "Janela de Oportunidade"
- Se eu não devo fazer dieta, o que eu faço?
- O que são e como funcionam (se é que funcionam...) os suplementos “pré-treino”?
- Suplementação de carboidratos: alimento ou suplemento?
- Com culote ... "sans culotte"
- Radicais livres: combatê-los ou não combatê-los?
- Suco de beterraba para “nitrar” seu treino!
- Frutose: devemos nos preocupar?
- Guia Alimentar para a População Brasileira: o guia que acertou em cheio e conquistou o mundo!
- Suplementação de proteínas e emagrecimento
- Comida vicia?
- Suplementação de arginina e citrulina melhoram o desempenho?
- Para ganhar mais massa magra, devo comer de 3 em 3 horas?
- Bifinho para ficar fortinho!
- Suplementação de proteínas e exercícios de endurance: além da hipertrofia muscular
- Comer de 3 em 3 horas ... porque mesmo?
- Suplementação de creatina: tem que fazer “carregamento”?
- Suplementação de glutamina e intestino: para quem?
- BCAAs para corredores e maratonistas: mais um caso de desperdício de dinheiro?
- Perigo: suplemento contaminado!
- BCAAs e Treinamento de Força
- Se um alimento pode dar alergia, o melhor é evitá-lo? Não.
- Vale a pena suplementar glutamina?
- Ciência Informa responde: Comer salada antes da refeição faz com que eu coma menos?
- Frutinhas milagrosas: qual o real benefício do goji berry?
- Nos alimentamos de nutrientes ou comida?
- Suplementos de Vitaminas e Minerais engordam?
- Chá verde, chá branco e chá oolong realmente emagrecem?
- Treinamento concorrente: mais uma aplicação da suplementação de creatina
- Termogênicos (Parte 3): o que esperar da cafeína?
- Termogênicos parte 2: A falha lógica das substâncias termogênicas
- Dietas Restritivas: Detox….desintoxicar o que?
- Ciência Informa Responde: maltodextrina
- Termogênicos parte I: carnitina como fat burner
- Suplementação de HMB: muito bom para ser verdade?
- Alimentos diet e light funcionam?
- Em excesso, até água faz mal!
- O que os suplementos realmente podem fazer por você?
- Proteína para que te quero - Parte 5: Suplementação de proteínas para idosos
- Carboidrato e Peso Corporal
- Quais os riscos da suplementação com beta-alanina?
- Proteína para que te quero - Parte 4: A JANELA DE OPORTUNIDADE e a suplementação de proteínas
- A desidratação realmente piora o desempenho esportivo?
- Proteína para que te quero - Parte 3: A fonte de proteína faz a diferença? Qual a melhor fonte proteica?
- Beta-alanina para quem?
- Proteína para que te quero - Parte 2
- Alimentação é uma simples questão de escolha?
- Proteína para que te quero - Parte 1
- Beta-alanina: o que é e o que faz esse novo suplemento?
- Quer emagrecer? Fuja das dietas...
- Suplementação de creatina: antes ou após o treino?
- Sem Glúten ou Com Glúten?
- Carboidrato à noite engorda?
- Até tu, adoçante?



Busca

Receba Atualizações

Envia sua sugestão de temas


Nossos Colaboradores

Prof. Bruno Gualano, PhD
Prof. Associado da Universidade de São Paulo

Profa. Desire Coelho, PhD
Nutricionista Clínica e Esportiva

Profa. Fabiana Benatti, PhD
Pós-Doutora na Universidade de São Paulo (USP)

Prof. Guilherme Artioli, PhD
Prof. Dr. da Universidade de São Paulo

Prof. Hamilton Roschel, PhD
Prof. Dr. da Universidade de São Paulo